Grito | Livro de Poesia | Autor: Paulo Guerra


 Livro: Grito | Autor: Paulo Guerra | Editora: Ecortecci
Ano: 2014 |Páginas: 70

Olá pessoal !!! Vim compartilhar com vocês sobre o projeto de leitura super interessante que estou participando, o Book Tour: Livro Viajante que consiste na interação, leitura e resenha de um mesmo livro que é enviado para todos os membros do grupo para que possa conhecer dessa leitura e também participar. O livro foi Grito do autor Paulo Guerra. É um livro de poesias, aliás é a primeira vez que faço a indicação de um livro de poesas aqui no blog.

É um livro bem interessante que aborda temas como a VIDA, MORTE, LIBERDADE, LOUCURA, AMOR, TEATRO, FILOFOFIA, enfim, o sentido da própria vida. São impressões dos momentos vividos pelo autor, de suas experiências, suas leituras e aprendizados. É formado por 48 poemas divididos por capítulos. Reúne poesias que levam o leitor à reflexão de temas universais por meio de símbolos, imagens e enigmas. Inspirado por nomes como William Blake, Jim Morrison e Arthur Rimbaud, o jovem de apenas 21 anos fala sobre vida e morte, liberdade, solidão humana, amor e loucura.

Sinopse:
"Através dos enigmas presentes em todo sua poesia e das imagens criadas para transformar ideias esparsas em grandeza fixa, Paulo Guerra une, por detrás de cada palavra deste livro, os elementos que constituem a psicologia das massas e, de forma única, ele coloca em questão qual é o sentido da vida como um Todo.
Por isso, além de uma obra forte e cheia de liberdade, este livro também deve ser considerado um verdadeiro GRITO DE SABEDORIA."


RESENHA EM VIDEO


Venham conhecer também os blogs das demais 
participantes do grupo:

Helena Dias : http://cafecomlivroo.com
Vanessa de Sousa : www.luadeneon.com

Se você deseja adquirir o livro : Grito do autor Paulo Guerra
Lorena Caribé
Lorena Caribé

This is a short biography of the post author. Maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec vitae sapien ut libero venenatis faucibus nullam quis ante maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec.

Nenhum comentário:

Postar um comentário