quinta-feira, 21 de abril de 2016

Loraine Pivatto | Entrevista com a autora do Livro Pseudônimo Mr. Queen



Pseudônimo Mr. Queen - Autora: Loraine Pivatto


Dessa vez trago para vocês a entrevista que a autora do livro Pseudônimo Mr. Queen concedeu para o blog. Espero que vocês gostem de conhecer um pouco mais sobre Loraine e a história do seu livro...



1. O que te inspirou a escrever o livro?

A maior inspiração veio de situações que presencio diariamente na nossa atual sociedade que não me agradam, como o excesso de exposição nas redes sociais, o incentivo das mídias ao consumismo e competitividade desmedida, a quantidade de pessoas desequilibradas que fazem coisas absurdas para serem notícia, etc, etc... E, principalmente, o quanto isso tudo se distancia do bem-estar que tanto buscamos.

Refletindo sobre essas situações que me incomodam, e também sobre a tremenda violência que nos assola diariamente, me permiti "viajar", imaginando como seria um mundo com novas regras, em que os indivíduos tivessem direito a uma vida plena e igualitária.

2. Você acredita no fim do mundo?

Não, mas acredito (e espero) que possam vir transformações sociais.

3. Qual a mensagem principal que você deseja passar com o livro?

Tentei passar uma reflexão sobre diversos valores, mas de forma imparcial, sem querer impôr nenhuma verdade absoluta. O principal, ao meu ver, foi o questionamento dessa felicidade enlatada que nos vendem a todo o momento. Uma felicidade tão cheia de métricas, tão angustiante e distante do real sentimento de paz e harmonia. Como seria bom se as pessoas aceitassem, valorizassem e usufruíssem mais a vida, sem tentar ficar o tempo inteiro se sobressaindo uns aos outros.  Diminuir a auto-importância e olhar mais para o coletivo eu acho que seria uma grande evolução.

4. Você imagina essa história em um filme?

Sim, acho que daria um filme lindo, cheio de mensagens e surpresas.

5. Como leitora, quais temas mais te chamam atenção?

Tudo que é relacionado à questão comportamental (psicológica).

6. Quais autores te inspiram?

Essa pergunta é difícil, pois não tenho isso claro. Gosto de muitos estilos diferentes e cada um com determinadas características que aprecio. É difícil citar somente alguns, mas dois que me vem à cabeça nesse momento são Mario Vargas Llosa e Khaled Hosseini.

7. Quais são seus planos para os novos livros?

Tenho uma ideia para uma nova história, que no momento estou estruturando ainda. A minha intenção é continuar escrevendo, mostrando minhas histórias aos leitores e, com o tempo, encontrar uma boa editora com a qual me identifique. A escrita para mim é um hobby delicioso, que talvez um dia venha a se tornar uma profissão.

8. Como foi sua experiência em publicar um livro?

Pseudônimo Mr. Queen  ainda não está publicado. Por enquanto eu nem mandei o original para as editoras, estou trabalhando somente com o book tour, cujos retornos têm sido muito bacana. São 60 livros circulando por todo o Brasil, e estou achando muito legal ver o comprometimento das pessoas com os prazos de leitura e envios dos livros para os próximos leitores. Muito legal mesmo. É realmente gratificante receber tantas mensagens de leitores elogiando o livro e também ver como a fila do book tour continua crescendo. Comecei a organizar o book tour no final de outubro de 2015, e até agora já tem quase 500 leitores na fila. Estou bem feliz com isso :)

9. Fale um pouco sobre você.

Eu vivo em Porto Alegre, trabalho com TI, na área de Banco de Dados, e escrevo por hobby. Comecei a escrever por volta dos 25 anos uma história sobre invasão de privacidade, através da tecnologia computacional, chamada Perseguição Digital. Esta foi publicada em 2009 e de lá para cá fiz treinamentos em escrita criativa e estruturação de textos, onde aprendi bastante sobre o mercado editorial. Como falei, a escrita é um hobby muito gostoso, que pretendo aperfeiçoar cada vez mais e, quem sabe, profissionalizar. É um desafio conciliar os horários e manter a disciplina para escrever, e também conseguir ler e me manter informada sobre o mercado editorial em geral. Não consigo ler tudo o que gostaria/deveria, mas sempre que posso estou lendo algo.  Gosto bastante do contato com os leitores, os feedbacks, além das amizades que acabam se formando nesse meio digital onde divulgo meus livros. Escrever me oportunizou conhecer muita gente bacana pelo Brasil afora, o que pra mim é um imenso privilégio. Esse é o maior incentivo para continuar escrevendo e procurando construir histórias criativas, surpreendentes, e personagens interessantes e bem estruturados, que agradem aos meus leitores.

10. Deixe uma mensagem para as pessoas que admiram seu trabalho.

Agradeço muito o carinho de todos vocês. Tantas pessoas bacanas que se interessaram pelo book tour, gostaram do livro e estão ajudando a divulgá-lo nos blogs e redes sociais. Só tenho a agradecer pelo incentivo e espero continuar correspondendo com boas histórias e melhorando cada vez mais a minha escrita.





VEJA A RESENHA AQUI



Sobre Lorena Caribé

Olá! Meu nome é Lorena. Estarei compartilhando nesse blog comentários e indicações de leituras. Continuem visitando para novas atualizações!!! E-MAIL: aventuraliteraria@hotmail.com

POSTAGENS RELACIONADAS

Comente com o Facebook:

Um comentário:

  1. Após ler um livro bacana gosto de saber sobre o autor e essa entrevista foi super bacana de ler

    ResponderExcluir

INSTAGRAM