quarta-feira, 2 de novembro de 2016

A RAINHA PREDILETA | AUTORA: CAROLLY ERICKSON | EDITORA BERTRAND


Título: A rainha predileta | Autora: Carolly Erickson | Editora: Bertrand
Ano: 2012 | Páginas: 272 Nota: 


Olá !!! Posso dizer que não foi nada fácil conseguir esse livro. Ele despertou minha atenção desde a primeira vez que vi, quando eu, simplesmente pesquisando por alguns romances de época e históricos na Internet, me deparei com essa bela capa, linda mesmo, não concordam? Fui pesquisar, e a sinopse me interessou ainda mais. Encontrei disponível pela Editora Livraria Cultura, mas sob encomenda levaria várias semanas. Não encontrei em livrarias no Brasil. Dias depois, pesquisei novamente e fui encontrar na loja virtual da Editora Bertrand, de Portugal. Acreditem, o valor do frete era maior que o próprio livro, e ainda em euros, mas valeu muito a pena, e saiu por um bom preço. Ótimo atendimento e a entrega foi super rápida, em menos de 10 dias já estava aqui em mãos e pude começar com a leitura. 



Realmente muito interessante, a leitura flui muito bem. Não larguei até terminar, li em um dia, durante algumas horas. É narrado em primeira pessoa, sob a ótica de Jane Seymour, a terceira esposa do rei da Inglaterra, Henrique VIII. Portanto trata-se de livro biográfico. Relata desde o momento em que a rainha Catarina dá à luz a seu filho, que nasce morto, ocasião que Jane era ainda somente a dama da Aia, e segue a narrativa até seus próprios últimos dias de vida. Por ser baseado em fatos reais e histórico, desperta ainda mais o meu interesse de descobrir segredos, e prováveis confissões.

Ela relata a vida na corte, as intrigas, a vida próxima a rainha e o rei. Confesso que comecei a ver o rei por um outro ponto de vista, mais humanizado talvez. Ela compartilha suas experiências. Conta as formas de ascensão de postos dentro e fora do Castelo. Confidencia sobre seu romance por Will Dormer, com quem pretendia fugir e se casar. Narra como foi se aproximar do rei Henrique VIII e se tornar sua confidente, especialmente e sobre tudo, o que levou ela se tornar a rainha e dar o herdeiro que ele tanto desejava. 


Outro ponto que achei interessante foi comparar alguns traços próprio do idioma português de Portugal e do Brasil em várias páginas, me depara com a estrutura das frases e algumas palavras que são mais usadas no outro país. Aqui um exemplo, "E quem sois vós, menina Seymour, para me dizerdes como devo comportar-me? O vosso pai é um proprietário de terras, segundo creio, enquanto o meu tio Norfolk é o mais ilustre nobre da Inglaterra." pág.16. Essa foi um trecho de uma conversa entre Ana Bolena e Jane Seymour, o que retrata também as disputas entre as duas, as insatisfações e os jogos de interesse.


Uma leitura que vale muito a pena !!! 
Recomendo !!!


*☆*¸.*♡*.¸ ¸.*☆*.¸ ¸.*♡*.¸¸.*☆*


SOBRE JANE SEYMOUR


Jane era filha de João Seymour e Margarida Wentworth. Foi trazida para a corte desde cedo, sendo aia das rainhas Catarina de Aragão e Ana Bolena até atrair as atenções do rei. A sua ascensão coincidiu com a queda de Ana Bolena. O casamento realizou-se a 30 de maio de 1536, menos de duas semanas depois da morte de Ana Bolena. Era formal e séria e não costumava ter amizades. Graças à sua posição junto ao rei, foi possível a integração no cenário familiar e da corte de Maria Tudor (filha do rei). Joana não interferiu diretamente na vida política, mas a sua ascensão a rainha consorte trouxe seus dois irmãos Eduardo e Tomás Seymour (este último haveria de casar com Catarina Parr, a última mulher de Henrique VIII). O rei era absolutamente fascinado por ela e concedia-lhe todos os desejos, inclusive a satisfação dos apetites exóticos resultantes da gravidez. Joana morreu dias depois depois do parto do filho Eduardo VI. Joana está sepultada na Capela de São Jorge (Castelo de Windsor) no Castelo de Windsor ao lado do marido o Rei Henrique VIII.

*☆*¸.*♡*.¸ ¸.*☆*.¸ ¸.*♡*.¸¸.*☆*


SOBRE A AUTORA






Carolly Erickson nasceu em 1943 nos Estados Unidos. É autora de ficção histórica e não-ficção. Ela vive no Havaí. Em 2008, pelo seu livro A filha da czarina ganhou o prêmio Escolha do RT Reader para melhor ficção histórica.









*☆*¸.*♡*.¸ ¸.*☆*.¸ ¸.*♡*.¸¸.*☆*

Se você também deseja adquirir o livro.
Está disponível nos site:


*☆*¸.*♡*.¸ ¸.*☆*.¸ ¸.*♡*.¸¸.*☆*


E então, o que acharam da indicação ?!
Deixem seus comentários...


Sobre Lorena Caribé

Olá! Meu nome é Lorena. Estarei compartilhando nesse blog comentários e indicações de leituras. Continuem visitando para novas atualizações!!! E-MAIL: aventuraliteraria@hotmail.com

POSTAGENS RELACIONADAS

Comente com o Facebook:

20 comentários:

  1. Oi. De forma geral, não curto romance de época, mas esse, me especial, me deixou bastante curiosa, principalmente pela questão da linguagem que você bem salientou.

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Me interesso muito por romances históricos e adoro os da Philippa Gregory, conhece? Esse parece ser muito bom, mas fiquei meio em dúvida: é uma biografia da Jane Seymour, ou um romance baseado em sua vida?
    Bjss

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Sim, concordo com você, essa capa é linda! Gosto de romances de época e adorei sua resenha. Vou colocar na minha lista pra ler depois.
    Beijos.

    www.umdejulho.com

    ResponderExcluir
  4. Este livro deve ser maravilhoso, adoro leituras que falam um pouco de fatos históricos.

    ResponderExcluir
  5. Ola
    Adoro romances de época /históricos.
    Sua resenha está convidativa.
    Não gosto muito de ler livros de Portugal, me incomoda um pouco, mesmo sendo a língua tão parecida.
    Não sei se vc conhece, mas a wook é um bom lugar p comprar livros de Portugal.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rosana! Obrigada pela indicação!
      Estou querendo o livro Sentir de Cristina Ferreira
      achei no site, vou pesquisar, bjo

      Excluir
  6. Oie

    Tão ruim quando a gente deseja muito um livro e é complicado de achar.
    Esse eu entendi o porquê de valer tão a pena ir atrás e conseguir comprar, eu adoro livros históricos baseados em fatos reais e suspirei por esse.
    Obrigada pela dica!

    bjs
    Fernanda Y.

    ResponderExcluir
  7. Fiquei encantado com o livro. Eu adoro quando os livros de época focam mais no contexto histórico, pois surto muito mais do que quando focam no romance dos protagonistas. E a vida nas cortes são sempre muito interessantes, a da Inglaterra principalmente.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. OOi!
    Mesmo gostando do gênero, esse não me atraiu. Acho que não leria.
    E ao contrário de você também, não gostei nadinha da capa. kkk
    Ainda assim, parabéns pela ótima resenha!

    ResponderExcluir
  9. Nossa, que saga para conseguir o livro!!!
    Eu ainda não conhecia mas eu sou apaixonada por romances de época ou históricos e fiquei muito curiosa com esse livro mas, ao contrário de você, não gostei da capa. Eu estou acostumada a ler livros no português de Portugal, às vezes eu sinto muita diferença mas no geral, dá para ler de boa.

    ResponderExcluir
  10. Estou mesmo precisando de um romance para ler em um dia. Estou lendo bem menos do que eu queria devido ao tal ano dos vestibulares, mas te dizer que gosto de ter boas indicações.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Oi Lorena, tudo bem? Nossa que resenha show. Eu amo romance de época e esse livro alem de ter uma capa e formatação linda tem uma historia muito interessante. Vou adicionar a minha lista de leitura sim. Esero gostar tanto quanto você. Bjs

    ResponderExcluir
  12. Olá, Lorena. Além da capa chamar a atenção, a história também completa o pacote. Fiquei muito curiosa a respeito do livro, já conhecia sobre o Henrique, mas não de Jane. Se eu tiver a oportunidade com certeza irei ler o livro.

    ResponderExcluir
  13. Não conhecia o livro e capa está muito bonita mesmo. Fico feliz em saber que a sua saga para a compra tenha valido a pena.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  14. Oiii, tudo bem?
    Eu ainda não conhecia o livro, mas confesso que não sei se eu leria. O enredo não parece exatamente do tipo que me agradaria, não curti muito a capa e detesto o português de Portugal. Já li alguns livros de lá e acabei ficando muito incomodada. Para mim é muito estranho, ver uma língua tão parecida com a minha, mas ainda assim tão diferente :P Mas isso é gosto pessoal mesmo :)
    Então parabéns pela resenha, pois acho que quem curtir esse tipo de livro, vai curtir a resenha e ficar interessado :)
    Beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Olá Lorena!
    Eu curto muito romance de época, a história deste me atraiu, se tiver oportunidade lerei com com certeza.
    E a capa é linda!
    Quanto a língua sabe que é uma coisa que me incomoda?! rs Saramago por exemplo as vezes me irrita, mas tive uma experiência super bacana com "Tia Guida" que fora escrito em portuguÊS de portugal e aprendi algumas coisas e também gostei muito da narrativa.
    Bjs

    ResponderExcluir
  16. Adorei a resenha, apesar que não leio muitos livros assim, que é passado em um época antiga, maaas vamos dar mais chances né, parabéns

    ResponderExcluir
  17. Lorena primeiro admiro sua determinação em conseguir o livro, eu tbm sou assim quando quero ler um livro eu faço por tudo para te-lo, essa história parece bem interessante, eu já vi alguns filmes que fazem referencia a essa história. Espero um dia ter a oportunidade de ler. Bjkas

    ResponderExcluir
  18. Olá, tudo bem? Que jornada para conseguir o livro, mas confesso que sou igual a você, quando quero um livro vou até o final para consegui-ló. Só por retratar romance de época, já quero, mas adorei como traz a trama e principalmente por você notar a diferença de português brasil e português portugal. De fato a construção de frase é BEM diferente. Adorei a resenha!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  19. Oi Lorena,

    Esse é o tipo de livros que gosto, histórico no sentido de veracidade. Tava procurando na memória pra saber se ele tinha passado despercebido por mim, mas é por causa da edição de Portugal. Se chegar por aqui vou querer ler, me interessei. :)

    Bjs, @dnisin
    www.sejacult.com.br

    ResponderExcluir

INSTAGRAM