sábado, 23 de janeiro de 2016

AS MIL E UMA NOITES | CONTOS | PROJETO LITERÁRIO



Título: As mil e uma noites | Autores: vários | Editora: Harper Collins
Ano: 2015 | Páginas: 1120 
Nota: ✮✮✮✮✮

Falar nas histórias de As mil e uma noites e viajar em um universos diferente cheio de fantasia, sonhos, encantamento. É conhecer a história de Sherazade, os melhor das histórias que ela contava para seu rei para continuar viva e conquistar seu amor e confiança. Desejo estar compartilhando com vocês minhas leituras dessa coleção incrível. Preparados para embarcar nessa nova aventura? Vem comigo... 
SINOPSE
Decidido a matar todas as mulheres solteiras do reino, após ter descoberto a traição da sua mulher, o sultão Shahriar casa-se a cada noite com uma jovem diferente que será morta ao amanhecer. Mas a filha do grão-vizir, a impetuosa Sherazade, decide enfrentar o desafio e interromper esse ciclo vingativo, oferecendo-se para a noite seguinte. Noite que se multiplica, assim como as histórias de Sherazade, adiando sua morte indefinidamente. Até que passadas mil e uma noites, o sultão, apaixonado pela envolvente narradora, suspende a ordem cruel. Obra-prima da literatura oriental, As mil e uma noites ganhou destaque também no Ocidente a partir da versão do orientalista francês Antoine Galland, no qual esta edição é baseada. Galland selecionou as lendas mais curiosas e de enredo mais palpitante, traduzindo-as para o francês. O livro alcançou êxito extraordinário, sendo a partir daí traduzido para vários idiomas. Com apresentação de Malba Tahan, admirador da cultura árabe e um de seus principais divulgadores no Brasil, esta edição reúne as histórias exóticas e maravilhosas que vem povoando o imaginário de muitas gerações de leitores.


A HISTÓRIA

Conta que Xariar, rei da Pérsia da dinastia dos Sassânidas, descobre que sua mulher é infiel, dormindo com um escravo cada vez que ele viaja. O rei mata eles. e decide que desde então dormirá com uma mulher diferente cada noite, mandando matá-la na manhã seguinte: desta forma não poderá ser traído. Passam-se três anos durante os quais o rei desposou e sacrificou inúmeras moças. Certo dia, Xerazade, pede para ser entregue como noiva ao rei, pois sabia de um estratagema para escapar ao triste fim que alcançaram as moças anteriores. O vizir apenas aceita depois de muita insistência da filha, levando-a finalmente ao rei. Antes de ir, Xerazade diz à irmã, Duniazade, que lhe peça que conte uma história quando for chamada ao palácio do rei. 

Xerazade, pede a presença de sua irmã, para despedir-se de Duniazade. Após o rei possuir Xerazade, Duniazade pede à irmã que conte uma história para passar o tempo. Xerazade começa a contar a extraordinária "História do mercador e do gênio" mas, ao amanhecer, ela interrompe o relato, dizendo que continuará a narrativa na noite seguinte. O rei, curioso não ordena sua execução para poder saber o final da história na noite seguinte. Assim, repetindo essa estratégia, Xerazade consegue sobreviver noite após noite, contando histórias sobre os mais variados temas, desde o fantástico e o religioso até o heróico e o erótico. Ao fim de inúmeras noites e contos, Xerazade já havia tido três filhos do rei, e lhe suplica que a poupe, por amor às crianças. O rei, que há muito havia-se arrependido dos seus atos passados e se convencido da dignidade de Xerazade, perdoa-lhe a vida e faz dela sua rainha definitiva. Duniazade é feita esposa do irmão do rei, Xazamã.


Essa linda coleção com dois volumes foi reunido contos de diversas origens (árabe, indiano, etc) e temas que foram passando de geração em geração e chega aos dias de hoje. Nos traz ensinamentos, aventuras, romance, lições de vida. São histórias dentro da própria história que representa As mil e uma noites. 

Como diz a lenda, Sherazade teria contado esses contos para seu marido, o rei da Pérsia para que esse não a matasse no dia, como era de costume na sua tradição. Ela conseguiu conquistá-lo e foram felizes para sempre, mas não acaba aí, os contos trazem várias reviravoltas.  


Meu objetivo é desenvolver um projeto literário e compartilhar aqui no blog e em video os contos que eu for lendo. Espero que vocês gostem e companhem fazendo também a leitura e vindo aqui comentar sobre o que estão achando.


VEM PARTICIPAR !!!

COMENÁRIOS EM VIDEO


Livro disponível nas principais lojas virtuais:
AMAZON | CULTURA | SARAIVA | SUBMARINO


CURIOSIDADES

A primeira versão em árabe das Mil e uma noites, redigida no século IX ou no século anterior, foi uma tradução da obra persa Hazār afsāna, atualmente perdida. Pouco ou nada se conhece dos contos que faziam parte das primeiras versões em árabe, uma vez que estas são conhecidas atualmente apenas por pequenos fragmentos de texto e menções em outras obras e os manuscritos mais antigos da obra conservados atualmente datam já do século XV.

A primeira tradução a uma língua europeia foi realizada pelo orientalista francês Antoine Galland (1645-1715), que publicou entre 1704 e 1717 sua Mille et une nuits. A principal fonte para a versão de Galland foi um manuscrito sírio em três volumes, escrito em árabe, que terminava na noite 282 e não apresentava o final. Para completar a sua obra e aumentar o número de noites, Galland utilizou outros textos árabes, incluindo manuscritos egípcios (hoje perdidos) com os contos Príncipe Camaralzaman e a Princesa Budura e o Conto de Ganim.

Galland também incorporou histórias que originalmente não se encontravam em nenhum manuscrito das Mil e uma noites conhecido. Uma é a história de Simbad o marujo, traduzida a partir de uma manuscrito árabe avulso. Outra fonte de Galland, segundo o próprio, foi um contador de histórias chamado Hanna Diab, um maronita de Alepo, que narrou-lhe contos como o de Aladim e a Lâmpada Maravilhosa e o de Ali Babá e os Quarenta Ladrões. Estes contos incorporados por Galland, e que aparentemente não formavam parte das Mil e uma noites original, tornaram-se extremamente populares e passaram a ser incluídos em manuscritos árabes e traduções europeias produzidas posteriormente.

Sobre Lorena Caribé

Olá! Meu nome é Lorena. Estarei compartilhando nesse blog comentários e indicações de leituras. Continuem visitando para novas atualizações!!! E-MAIL: aventuraliteraria@hotmail.com

POSTAGENS RELACIONADAS

Comente com o Facebook:

Um comentário:

  1. Gente, como eu quero ler. Eu lembro mais ou menos sobre esse conto, pois na TV cultura passava contos de fada. Faz uns dias que eu estava pensando "Onde será que eu acho um filme ou livro do conto mil e uma noites". Você foi um anjo ao escrever sobre o livro, eu queria saber da história mas esquecia de procurar.
    E ainda da um bônus contando as curiosidades rs

    Parabéns pela dedicação, que Deus te ilumine! ♥

    ResponderExcluir