SÉRIES

[SÉRIES][bleft]

CINEMA

[CINEMA][bleft]

CURIOSIDADES LITERÁRIAS

[CURIOSIDADES][bsummary]

ENTREVISTAS

[ENTREVISTAS][twocolumns]

A GAROTA CORVO - AUTOR: ERIK AXL SUND [ RESENHA ]



Título: A garota corvo | Autora: Erik Axl Sund
Editora: Companhia das Letras | Ano: 2017 | Páginas: 580
No Skoob | Nota: ★★★★★


Olá! É com alegria que compartilho com vocês essa indicação de leitura. Recebi o livro em parceria com a Editora Companhia das Letras. Desde que vi a capa do livro já me chamou muita atenção, o título, a sinopse, e quando fui avançando nas páginas, me ganhou de vez. A narrativa prende nossa atenção, e apesar das 580 páginas, não conseguimos largar até saber o desfecho. Sou fã de livros bem grandinhos e especialmente por essa temática. Vem conhecer também...


SINOPSE
Tudo começa em um parque da cidade de Estocolmo, onde o corpo de um menino é encontrado. A detetive superintendente Jeanette Kihlberg lidera a investigação, lutando contra um promotor apático e uma força policial burocrática que não quer dedicar recursos para resolver o assassinato de uma criança imigrante. Todavia, com a descoberta dos cadáveres mutilados de mais duas crianças, fica claro que um serial killer está à solta. Kihlberg procura a psicóloga Sofia Zetterlund, uma especialista em recuperar crianças que sofreram violência, e as vidas das duas mulheres se entrelaçam de forma quase instantânea profissional e pessoalmente. À medida que se aproximam da verdade sobre os assassinatos, as duas vão aos poucos perceber que os crimes escondem um mal subterrâneo que parece abraçar toda sociedade sueca. Na veia da série Millenium, A Garota-Corvo é um thriller sombrio e de tirar o fôlego, e uma investigação dos recantos mais sombrios da mente humana.




Tudo tem início quando o corpo de um garoto é encontrado próximo à estação de trem de Estocolmo. O corpo tinha sinais de agressão; a criança estava mumificada e os órgãos genitais haviam sido decapitados. “É fácil matar alguém. Os problemas são de ordem mental, com condições bem diversas. Para a maioria das pessoas, é necessário passar por uma série de barreiras. Empatia, consciência e reflexão geralmente funcionam como impedimento para a prática da violência assassina. Mas, para alguns, é tão simples quanto abrir o leite.” 

Jeanette é a detetive responsável pelo caso e precisa correr contra o tempo para descobrir quem estaria por trás de tudo. Ela procura entrar mais a fundo nas pesquisas sobre a pedofilia e comércio de crianças. Ela sabia que iria precisar de uma pessoa que entendesse a mente doentia e criminosa do ser humano, assim sendo, Sofia seria a profissional perfeita para auxiliar no caso. O pai de Victoria Bergman é tido como suspeito. 

Sofia Zetterlund, psicóloga, especialista em casos de torturas e maus-tratos, ela atende vítimas e abusadores. Victoria Bergman é sua paciente. Sofreu abuso sexual, parecia ser uma pessoa isenta de emoções. A psicóloga tinha dificuldade em traçar sua personalidade e até mesmo em compreender o que havia ocorrido em sua vida. “A consciência do que uma pessoa pode causar a outra pode se tornar uma armadura intransponível.” Enquanto isso, mais garotos são encontrados com sinais de violência extrema. Garotos estes que ninguém se importava, tudo indicava que eram imigrantes.

O caminho das três mulheres se cruzam, numa trama envolvente, onde nada é o que parece. “O destino era um aliado perigoso e traiçoeiro. Às vezes um amigo, mas muitas vezes um inimigo imprevisível.” Narrado em terceira pessoa, o livro prende atenção até a última página. Temos um suspense incrivelmente elaborado. 



Um dos pontos positivos é o empoderamento feminino, ao contrário da maioria dos suspenses, quem comanda o caso é uma mulher experiente e forte. O enredo, além de trazer uma trama fascinante, ainda aborda as dificuldades que a protagonista enfrenta por ser mulher. Afinal, ela é uma superintendente e esse fato acarreta preconceito por parte de muitos da equipe.

Quando passamos a analisar a paciente Victoria Bergman, somos tomados pela revolta. Sua história é completamente impactante, e ainda questionamos: “Quanto uma pessoa pode suportar antes de se tornar um monstro?”Trazendo temas como pedofilia, abuso sexual e mente psicótica misturados a um suspense instigante, A Garota - Corvo é um enredo que nos faz refletir, procuramos desvendar os mistérios e faz com que sejamos invadidos por muitos sentimentos de tristeza, medo, revolta. 


A Garota-Corvo é um thriller psicológico daqueles de tirar o fôlego, capaz de prender e aguçar os sentidos do leitor. Cada página uma reviravolta que nos deixa sem ar e intrigados. A parte física do livro também está incrível, uma capa que desperta nossa curiosidade, ótima diagramação. Fico muito agradecida por ter essa obra em mãos. Leitura recomendada para todos que amam um ótimo suspense. Com certeza, vocês vão gostar. 



Livro disponível nas principais lojas virtuais:



RESENHA EM VIDEO


VEJA O BOOKTRAILER


SOBRE O AUTOR


Ou melhor, autores. Erik Axl Sund é o pseudônimo de dupla Jerker Eriksson e Hakan Axlander Sundquist. Eles já trabalharam com música, arte e cinema. Além de A garota-corvo, publicado originalmente como uma trilogia, lançaram juntos Glass Bodies (2014).

8 comentários:

  1. Resenha boa, de fato trama muito envolvente.
    O título por si só ja desperta interesse

    ResponderExcluir
  2. Resenha boa, de fato trama muito envolvente.
    O título por si só ja desperta interesse

    ResponderExcluir
  3. Ainda não conhecia esse livro, achei muito interessante :)

    ResponderExcluir
  4. Não conheço a obra,mas parece ser muito boa.Só achei muuuito grande esse livro,mas se for tão boa quanto a resenha,vale a pena!bjo

    ResponderExcluir
  5. Oi Lorena, amei conferir sua resenha sobre esse livro, achei super bacana termos esse protagonismo feminino. Já estou curiosa para lê-lo.

    ResponderExcluir
  6. Amo thriller psicológico, mas não conhecia esse ainda, um bom suspense me atrai, gosto desse tipo de leitura de tirar o fôlego e já vou adicionar na minha lista do skoob.

    ResponderExcluir
  7. Uau parece ser maravilhoso já quero ler para ontem

    ResponderExcluir
  8. Parece um livro ótimo, vou pesquisar mais sobre o mesmo.
    Pony Random | Instagram | Twitter | Facebook

    ResponderExcluir

@blogaventuraliteraria